Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ONLINE
1


Total de visitas: 14372
Sua dieta está causando mau hálito?
Sua dieta está causando mau hálito?

Mais de 37 por cento da população dos Estados Unidos está fazendo dieta a qualquer momento. Alguns dos programas de dieta mais populares existentes hoje dependem da restrição ou quase eliminação da quantidade de carboidratos em sua dieta. Infelizmente, a mania da dieta rica em proteínas e pobre em carboidratos trouxe consigo um efeito colateral - realmente mau hálito ou, como é conhecido na comunidade científica, mau cheiro oral de baixo teor de carboidratos, ou LCOM.

“Esta condição potencialmente embaraçosa pode ser experimentada esporadicamente ou cronicamente e em diferentes graus, dependendo de quão estritamente a dieta é seguida, disposição anterior para a condição e higiene oral”, explicou Sushma Nachnani, Ph.D. do University Health Resources Group, Inc. “As dietas ricas em proteínas se dividem neste buquê de compostos orgânicos voláteis, ou VOCs, que são então expelidos pelo hálito, o que produz um odor desagradável”.

A boa notícia é que estudos recentes mostraram que LCOM pode ser tratado de forma eficaz por meio de uma boa rotina de saúde bucal que inclua os componentes antimicrobianos ativos encontrados em produtos como BreathRx, que até recentemente só estava disponível por meio de seu dentista. O sistema de respiração fresca BreathRx inclui os elementos de escovar os dentes, limpar a língua com um raspador de língua e, em seguida, enxaguar com um enxágue bucal sem álcool e sem açúcar. Em estudos clínicos conduzidos pelo Dr. Nachnani, os indivíduos que seguiram o regime de tratamento de escovação, raspagem e enxágue usando os produtos BreathRx perceberam melhorias em um tempo relativamente curto, com os indivíduos relatando hálito significativamente mais fresco.