Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ONLINE
1


Total de visitas: 14363
Dicas de beleza
Dicas de beleza

 Bronzeamento artificial

 

O processo de escurecimento da pigmentação da pele devido à exposição aos raios ultravioleta é conhecido como “Bronzeamento”. O processo de bronzeamento da pele é geralmente de dois tipos. Um é o bronzeamento imediato e o outro é o bronzeamento retardado. O bronzeamento imediato é causado pela radiação ultravioleta A (UVA) da luz solar, que aparece pouco tempo após o banho de sol e geralmente dura apenas algumas horas ou dias. O bronzeamento tardio é a resposta à radiação Ultravioleta B (UVB) da luz solar e geralmente aparece 2 a 3 dias após o banho de sol e dura mais com a renovação natural da pele. A intensidade do bronzeamento varia conforme o tipo de pele.

Processo e dispositivos de bronzeamento interno

O bronzeamento artificial tornou-se muito popular e, assim como o bronzeamento normal, deve incluir loção para bronzeamento artificial. Uma cama de bronzeamento artificial semelhante a uma concha é usada como equipamento de salão de bronzeamento na maioria dos salões de bronzeamento. Os clientes têm de deitar-se sobre uma superfície de acrílico onde as lâmpadas de bronzeamento artificial de cima e de baixo atingem o corpo do cliente. As mais recentes camas de bronzeamento artificial são chamadas de camas de bronzeamento artificial e não exigem que uma pessoa se deite sobre plexiglass.
A maioria dos aparelhos de bronzeamento mais antigos usava fontes de luz que emitiam raios ultravioleta B de ondas curtas. Na verdade, a radiação UVB causava uma sensação de queimação, daí a necessidade de loções para bronzeamento artificial. Os donos de salões começaram a usar as camas de bronzeamento que emitem principalmente raios ultravioleta A de ondas longas das fontes de luz, já que a radiação UVB tem muitos efeitos nocivos. Os raios UVA causam menos queima do que os raios UVB.

Os efeitos colaterais prejudiciais do bronzeamento

O bronzeamento artificial é o grande responsável pelos danos à nossa pele devido à emissão dos raios ultravioleta. Quando a pele produz um pigmento adicional para proteger contra a queimadura dos raios ultravioleta naquele momento ocorre o bronzeamento. Lesões nos olhos, erupções cutâneas e até câncer de pele podem se desenvolver devido à superexposição aos raios ultravioleta.

As radiações ultravioleta do sol e lâmpadas de bronzeamento artificial são mais amplamente conhecidas por serem responsáveis ​​pelo câncer de pele. Os raios ultravioleta são conhecidos por até mesmo danificar o sistema imunológico, causando envelhecimento prematuro ou rugas da pele.

Hoje em dia, especialistas em saúde pública e equipes médicas estão alertando as pessoas sobre os perigos dos raios ultravioleta do sol e das lâmpadas de bronzeamento artificial. O raio UVB está associado a queimaduras solares e é considerado um raio penetrante mais profundo. De acordo com alguns cientistas, pode haver uma associação entre a radiação UVA e o melanoma maligno, que é um tipo muito grave de câncer de pele, caso em que pode ser necessário um médico.

As vendas de loções de bronzeamento artificial têm disparado, mas com avisos contínuos de autoridades de saúde do governo, podemos começar a ver uma tendência para uma aparência de pele mais natural. O avanço das loções para camas de bronzeamento e equipamentos para salões de bronzeamento nos últimos anos tornou o bronzeamento artificial uma atividade regular para muitos. Você pode querer considerar os efeitos de longo prazo em comparação com os ganhos de curto prazo antes de tentar o bronzeamento contínuo para si mesmo.

Muitas pessoas usam o bronzeamento artificial para preparar melhor o corpo para as férias em um ponto quente favorito. Na verdade, isso é muito inteligente, pois prepara melhor o corpo para o aumento da exposição e pode evitar queimaduras de sol que podem arruinar um feriado perfeitamente bom.